27 de nov de 2013

My mom's boyfriend - Capitulo quatro

Deslize



Narrado por Charlotte

- Eu sei que quer, mas você ainda não descobriu isso. Olha só: Em menos de um dia, vocês já conversaram normalmente, trocaram caricias e etc, imagina daqui pra frente...E você quer uma prova de que você gostou dele? -Assenti- Você ainda está com um sorriso bobo -Joguei a almofada nela-
- Cala a boca Molly -Disse abismada com aquilo tudo-
- Estou mentindo? -Me perguntou-
- Não -suspirei- Não está...
- Amiga, se você não quiser que mais coisas aconteçam é só você se afastar -Molly veio até a mim-
- Eu não vou. Molly, eu acabei de o conhecer, não posso simplesmente me afastar, fora que minha mãe vai fazer de tudo para nós virarmos amigos -disse deitando no colo dela. Folgada eu? Imagina-
- Você está certa, não pensei na sua mãe -Ela riu fraco- A solução é você não fingir interesse.
- Impossível quando se tem um cara gato na sua frente -Rimos- Vou dormir -Bocejei- Estou com sono, boa noite -Me levantei de seu colo, deitei e adormeci-
Acordei com um barulho lá em baixo, minha mãe deve ter quebrado mais um prato. Daqui alguns dias teremos que comer na vasilha do cachorro. Mas não temos cachorro, então isso significa que a situação está critica. Olhei ao redor e Molly já estava lá em baixo. Fui ao banheiro, escovei os dentes e tomei um banho. Me vesti e arrumei meu cabelo. Desci, ouvi vozes e fui para cozinha.
- Bom dia -Eu disse a todos. Eu estava feliz-
- Bom dia Lottie -Molly disse-
- Bom dia filha -Zayn disse com um tom de brincadeira-
- Bom dia pai -Respondi sorrindo de volta- Cadê minha mãe? -Respondi sentindo falta dela-
- Ela foi para uma reunião -Zayn me disse-
- Reunião de quê? -Perguntei confusa. Pelo o que me lembre, minha mãe não é do tipo que vai em reuniões-
- Da empresa dela -Molly respondeu-
- Ah sim -Esqueci de dizer que minha mãe trabalha em uma empresa de fotografia- O que fizeram para o café? -Me sentei na mesa-
- Eu fiz algumas panquecas e café -Zayn falou-
- Não gosto de café -Fiz uma careta- Mas panquecas eu como -Disse pegando algumas-
Durante o café, conversamos, rimos bastante. Molly contava todos os nossos momentos engraçados e patéticos para Zayn que só ria de mim cada vez mais. Zayn subiu para o quarto para se arrumar, pois tinha que trabalhar. Fiquei em casa com Molly. Conversávamos sobre tudo e ela reclamava que não queria mais ir para escola. Nossa sorte é que só temos mais um mês de aulas, ai vai ter o baile de formatura e férias! Resolvi pintas as unhas e meu celular tocou.
- Alô Mãe -Disse ao ver que era minha mãe no visor-
- Oi filha, como estás? -Ela perguntou como sempre-
- Bem mãe. Precisa de algo? -Perguntei educada-
- Sim, eu tinha que dar alguns papéis para Zayn, referentes à empresa dele, mas eu esqueci. Você poderia vir aqui, buscar e entregar para ele na empresa? -Poxa, logo agora que eu ia pintar a unha-
- Claro, daqui uns 20 minutos estarei ai -Estou com preguiça, mas vou ter que ir- Tchau -Ela desligou-
- O que sua mãe queria Lottie? -Molly perguntou-
- Tenho que ir no trabalho dela pegar uns papéis e depois ir lá no trabalho do Zayn -Disse indo para o quarto pegar uma bolsa- Estou morrendo, mas eu vou porque sou uma filha muito legal
- Ou você vai porque quer ver o Zayn -Ela disse sorrindo maliciosamente-
- Você perde a amiga, mas não perde a piada -Disse debochada e ela riu- Você vem?
- Não, vou para minha casa. Minha mãe me mandou mensagem me chamando para ir no shopping com ela -Ela explicou- Tchau amiga -Me deu tchau-
- Tchau, nos falamos depois -Ela assentiu e desceu-
Terminei de pegar minhas coisas e sai de casa. Peguei um taxi, porque estava sem vontade de andar. Cheguei no trabalho da minha mãe, a secretária, Mary, deixou eu subir direto. Bati na porta da sala da minha mãe e ela mandou eu entrar.
- Oi mãe -Me joguei na cadeira-
- Nossa, está morrendo filha? -Assenti e ela riu- Aqui está os papéis -Ela me entregou-
- Certo, só isso? -Perguntei me levantando de novo-
- Ah, daqui a pouco é hora do almoço, correto? -Assenti- Então aproveite e almoce com Zayn, vocês têm muito o conversar -Ela piscou-
- Você não vem? -Perguntei. Será que ela não entende que não posso ficar com Zayn sozinha?-
- Não filha -Ela fez biquinho- Ah propósito, eu tenho uma viajem marcada. Vou daqui a pouco e volto semana que vem -Ela disse temendo minha reação-
- E eu vou ficar com quem? -Perguntei-
- Com Zayn -Ela sorriu- Tudo bem para você?
- Tudo ótimo -Disse empolgada demais- Já o avisou? -Ela negou-
- Você o avisa, ok? -Assenti-
- Tchau mãe, até semana que vem -Nos abraçamos-
- Te amo filha
- Também te amo mãe -Sai de sua sala- Ah, onde fica a empresa do Zayn? -Ela me deu o endereço- Obrigada.
Sai de lá e fui andando, pois era pertinho. Hoje a noite vou ficar com Zayn na mesma casa, sozinha. Se contar isso para Molly ela vai surtar. Mas não tem nada demais nisso, ou tem? Cheguei na empresa e fui para recepção.
- Bom dia -Falei para uma moça-
- Olá, em que posso ajudar? -Ela perguntou com um sorriso falso. Qual o problema com essas mulheres? Falta de sexo, só pode-
- Eu gostaria de ir na sala de Zayn Malik -Ela riu- Algum problema? -Perguntei meio seca-
- Querida, ninguém pode ir na sala de Zayn, só quem ele autoriza -Ela respondeu cinica-
- Certo, então ligue para ele e diga que Charlotte Campbell precisa falar com ele -Respondi grossa. E ela ligou-
- Pode subir -Ela disse meio ignorante-
- Obrigada -Respondi no mesmo tom-

Narrado por Zayn
Estava em minha sala com os meninos discutindo sobre alguns gastos desnecessários, quando meu interfone toca. 
- Fala Joana -Disse meio grosso para recepcionista-
- Sr. Malik, tem uma jovem aqui em baixo querendo falar com você. 
- Qual nome? -Perguntei sem interesse-
- Charlotte Campbell -Abri um sorriso-
- Pode deixar subir -Desliguei e sorri-
- O que foi Zayn? -Liam perguntou-
- Ela está vindo! -Anunciei-
- Ela quem? -Harry perguntou-
- Lottie, a filha da Rebecca -Respondi-
- A menina que você não parou de falar? -Niall perguntou, assenti meio envergonhado. Ouvi alguns batuques na porta-
- Pode entrar -Respondi e ela entrou meio envergonhada- 
- Olá -Disse para todos- Estou atrapalhando? 
- De forma nenhuma -Harry respondeu com um sorriso sapeca-
- Oi de novo Zayn -Sorriu e veio até mim- Minha mãe mandou te entregar -Ela me deu alguns papéis e já soube do que se tratava-
- Ah sim, só isso? 
- Ela mandou te avisar que marcou uma viagem, ela vai hoje e volta semana que vem -Lottie se sentou ao lado de Louis no sofá-
- E você vai ficar com quem? -Perguntei meio preocupado. Lottie pode ter 17 anos, mas é meio doidinha-
- Então, ela falou para eu ficar com você. Mas não tem necessidade, né? -Perguntou mexendo no celular. Os meninos prestavam atenção em nós-
- Claro que tem. Lottie, você tem 17 anos, mas parece ter uns 13 -Ela me olhou indignada- 
- O quê? Obrigada por dizer na frente de todo mundo que sou uma criança -Disse irônica e todos riram- E vocês deveriam me apoiar -Disse para os meninos-
- Acabamos de nos conhecer -Niall disse-
- E dai? Vocês perceberam que sou legal, bonita, simpática. -Ela disse mexendo no cabelo-
- Modesta também -Eu disse e ela me mostrou o dedo do meio- Sua mãe não te deu educação? -Perguntei brincalhão-
- Não fala comigo, você me chamou de criança  -Fez biquinho- 
- Falando sério agora, Lottie, fica lá em casa essa semana em que sua mãe vai estar fora -Disse para ela. Os meninos me olharam maliciosos. Eles acham que vou fazer sexo com ela, idiotas. Apesar que não seria uma má ideia-
- Zayn -Me despertei dos pensamentos-
- Diga filha -Disse para Lottie- Que foi? -Perguntei para Liam me encarava confuso-
- Vocês já estão nessa fase? 
- Pois é né, meu novo pai é tão legal que já estamos na intimidade -Lottie veio até a mim e me abraçou de lado- 
-Seu novo pai é legal, gato, sexy, gostoso, perfeito... -Lottie me interrompeu-
-Depois a modesta sou eu -Revirou os olhos-
- Você é padrasto dela ou namorado Zayn? -Harry perguntou. O fuzilei com os olhos-
- Por quê? -Lottie perguntou confusa-
- Vocês estão abraçados, brincando, sorrindo uma para o outro, implicando. Não parecem "pai e filha" -Harry perguntou-
- Controla o ciúmes moço dos cachinhos -Riram- Zayn é todo seu -Ela se afastou de mim e sentou novamente no sofá-
- Sai fora, gosto de mulher Lottie -Disse para ela- Então, já vai dar meio dia, vamos almoçar. Eu já não tenho mais nada para fazer hoje, podemos passear, pegar suas roupas em sua casa e ai vamos para meu apartamento -Ela assentiu-
- Certo. Vocês vão almoçar conosco? -Ela perguntou para os meninos-
- Lógico, não vejo a hora de comer. -Niall disse. Ele nunca está sem fome-
Nós decidimos onde íamos almoçar e fomos para o estacionamento. Cada um foi com seu carro e Lottie foi me acompanhado. Durante o caminho, nós conversávamos e contei uma piada para ela.
- Conversa de casados: "Querido, o que você prefere? Uma mulher bonita ou uma mulher inteligente?" "Nem uma, nem outra. Você sabe que eu só gosto de você" -Lottie começou a rir-
- Zayn -Ela disse rindo- Que idiota -Riu mais-
- Eu sei -Ri junto dela-
- Ainda bem que sua beleza e seu talento para cantar te salva, porque olha -Dei risada-
- Então você me acha bonito? -Perguntei a encarando. Percebi ela corar-
- Todo mundo te acha bonito. Se você não estivesse namorando com minha mãe eu te daria uns pegas -Ela disse séria-
- Quem disse que isso te impede? -Me aproximei e olhei em seus olhos-
- Za-ayn -Ela gaguejou e eu ri- Não tem graça -Ela me empurrou-
- Mas não era pra ter graça, estava falando sério Lottie -A encarei. Será que ela não percebe que mexe comigo?-
Depois disso ficamos em silêncio até chegarmos no restaurante. Abri a porta e sai do carro. Percebi que ela não estava ao meu lado e olhei para trás. Ela me encarava com uma sobrancelha arqueada. Foi ai que entendi.
- Você está achando que sou o tipo de homem que abre a porta para mulher? -Ela assentiu- Achou errado.
- Grosso -Ela saiu do carro e passou na minha frente. A puxei- Que foi?
- Desculpa te decepcionar. Não vai ficar chateada comigo, né? -Dei um beijo em sua bochecha-
- Não -Sorriu- Vamos -Me puxou e entramos no restaurante-
Encontramos os meninos em uma mesa, nos sentamos e fizemos nossos pedidos. O almoço foi muito agradável, pois Lottie sempre nos fazia rir e sua presença era ótima. Terminamos de comer e fomos passear, decidir levá-la para andar comigo no Hyde Park para darmos uma volta e conversar. Lottie é uma pessoa muito incrível, não tem como não gostar dela. Desde aquele jantar, ela me chamou atenção de um jeito diferente, seu sorriso, sua forma de ser mexia comigo. Sua beleza é muito complexa, mesmo parecendo com sua mãe, ela consegue ser única. É madura demais para ter apenas 17 anos. Sempre que estou perto dela, posso ser eu mesmo, não preciso ficar tentando impressioná-la, como tento com Rebecca. Não a vejo como filha da minha namorada, a vejo como uma amiga, uma amiga que tenho vontade de beijar. Quando ela me disse que se eu não fosse namorado de sua mãe, ela ficaria comigo, fiquei feliz, porque sei que ela sente atração por mim. Nos conhecemos em menos de 1 semana, mas nossa intimidade se tornou grande, talvez é pela atração que rola, ou pela forma como nos entendemos e nos parecemos. Desde o jantar, falo dela para os meninos. Segundo eles, estou gamadinho ou estou querendo dar alguns beijos. Deve ser a segunda opção, só estou apaixonado por Rebecca, ela sim é o amor da minha vida. O que sinto por Lottie é apenas uma atração, deve ser porque ela me lembra muito Rebecca. Estava entardecendo, então resolvi passar na casa de Lottie e buscar suas coisas. Subimos juntos e fomos para seu quarto, ela pegou uma mala e começou arrumar suas coisas. Fiquei vendo os porta-retratos e percebi o quão fofa era Lottie quando criança. Ela terminou e saímos de sua casa. Chegamos em meu apartamento.
- Nossa, que lindo -Disse olhando para todos os cantos, dei risada- Deve valer mais que minha vida -Revirei os olhos com o drama- Onde coloco minhas coisas?
- No quarto dos hospedes, vem -A puxei- Aqui
- Ok, obrigada. -Ela olhou no relógio- Nossa, já são 22:00? -Perguntou-
- Sim! O dia passou rápido -Ela bocejou- Está com sono?
- Yep! Se importa se eu for tomar banho? -Neguei-
- Estou no meu quarto, qualquer coisa só chamar -Ela assentiu-
Sai de seu quarto, entrei no meu e tomei um banho. Vesti só uma cueca e fiquei em cima da cama lendo um livro qualquer. Depois de uns 20 minutos, Lottie apareceu na porta com seu pijama. Quando dei por mim, já estava a beijando.
Minhas mãos percorriam todo seu corpo, a joguei na cama e nos beijamos até o ar faltar. Percebi a merda que tinha feito e fiz uma cara de arrependido.
- O que foi? -Ela perguntou. Fiquei em silêncio- Está arrependido?
-Charlotte -Suspirei- Isso não deveria acontecer -Passei a mão no cabelo nervoso-
- Já entendi tudo. Você me beija e depois se arrepende? Qual seu problema? -Ela estava irritada-
- Não passou de um deslize -Disse tentando acalmá-la-
- Ah claro -Disse irônica- Eu sei que você queria Zayn!
- Por que acha isso? -Estava ficando nervoso-
- Por que também queria -Respondeu baixo e olhou para o chão-
Ela realmente falou isso ou estou imaginando coisas?




Olá :D Como estão?
O que vocês acharam do capítulo? 
Estão gostando da fic? Comentem, por favor!
Já estou de férias, graças a Deus. Isso significa que vou poder postar direto. 
Talvez eu poste dois capítulos por dia, mas vai depender do tempo. Se estiver muito ocupada, não vai dar.
Estão gostando da fic da Brubs, Story of my Life? Eu a ajudei em algumas partes u.u
Era só isso.
Bjs
























2 comentários:

  1. Estou adorando o fic... vocês escreve bem!!! Continua please

    ResponderExcluir
  2. continua ta mt perfeito

    ResponderExcluir

Vas Happenin?