26 de dez de 2013

My mom's boyfriend - Capítulo onze

Christmas
 


Narrado por Charlotte
Me aproximei de Zayn, envolvi meus braços em seu pescoço e encostei em seus lábios. O beijei vagarosamente, mas de um jeito provocante. Ele parecia estar gostando. Mordi seu lábio inferior e dei um selinho para terminar o beijo. Abri os olhos e percebi que o pior tinha acontecido. Minha mãe estava parada em nossa frente. Ela nos encarava e ninguém sabia o que dizer. Eu só tenho uma coisa a dizer: Vish!
- Mãe, não é nada disso que você está pensando! -Eu disse aflita-
- Então é o quê? -Ela perguntou me encarando de um jeito sinistro-
- Eu estava jogando verdade ou desafio com os meninos, então Niall -Apontei para ele, já que minha mãe não o conhecia- falou para eu beijar o Zayn, já que eu tinha escolhido desafio -Me expliquei de uma forma calma, para ela não se estressar mais-
- Eu não sabia que Zayn estava namorando -Niall mentiu e todos concordaram em resposta-
- Mas vocês dois sabiam -Ela acusou a mim e a Zayn- E porque eles ainda não sabiam de nosso namoro Zayn? -Ela perguntou arqueando as sobrancelhas-
- Porque eu queria fazer uma surpresa, pra você os conhecerem. -Ele disse calmou, mas dava para perceber o quão aflito ele estava-
- Isso não importa agora, a questão é: Por que vocês estavam se beijando? -Ela disse grossa. É, eu irritei minha mãe-
- Eu já expliquei mãe, eu não vou repetir -Eu disse impaciente- Se você quiser acreditar, acredite. Se não quiser acreditar, não acredite! -Eu disse querendo acabar com aquela situação-
- Charlotte, fale direito comigo, eu ainda sou sua mãe! -Ela disse brava e bufei irritada- Ei meninos, foi bom conhecer vocês, mesmo de jeito ruim, mas eu preciso conversar com eles -Ela disse para eles-
- Ah, o.k! Já estamos indo -Liam disse e todos se levantaram-
- Até mais gente! -Niall disse e Molly saiu com eles-
- Agora vamos conversar sério! -Ela disse se sentando no sofá e nos encarando-
- Amor, eu e Lottie só fizemos isso, porque os meninos insistiram, se eles soubessem que eu tinha namorada, eles não pediriam para fazermos aquilo -Zayn tentou explicou e ela o olhou de forma irônica-
- Aham, eu vou fingir que acredito! -Ela disse-
- Ai que saco mãe! - Eu reclamei-
- Você reclama, mas não é você que chega em casa exausta do jantar e vê seu namorado e sua filha se beijando -Ela gritou-
- Você sabe qual foi o motivo. Qual é? Eu nunca ficaria com o Zayn sabendo que ele namora você, e outra, eu estou ficando com um garoto da escola! -Eu disse tentando não gritar. Zayn entendeu o que eu queria fazer e entrou no "jogo"-
- Isso é verdade! Lottie está ficando com um tal de Julio César -Minha mãe assentiu, ela sabe quem é- E eu nunca ficaria com Lottie do nada, eu só tenho olhos para você. Você é o amor da minha vida, é em você que eu penso o tempo todo. Lottie tem 17 anos e eu tenho 33, não temos nada a ver um com o outro! -Zayn disse meio irritado-
- Você estão sendo sinceros comigo? -Assentimos. Me sinto mal por estar a enganando, mas se for ver, não estou a enganando tanto, já que eu e Zayn não temos mais nada- O.k, desculpe! -Ela disse calma-
- Nós que pedimos desculpas -Zayn falou a abraçando- Tudo foi um imenso mal entendido -Ele a beijou-
- É mãe. Não há motivos para você desconfiar de nós. Nada a ver Zayn e eu, ele tem idade pra ser meu pai!  -Eu disse e Zayn assentiu-
- Só não exagera Lottie, não sou tão velho assim -Ele disse e nós duas rimos-

1 mês depois [...]
Um mês se passou. Eu e Molly já estamos de férias e logo logo estarei na faculdade. Meus pais ficam me cobrando, querendo alguma atitude de minha parte em relação à isso, já que não sei o que quero fazer. Depois daquela noite que minha mãe me viu beijando o Zayn, nossa amizade mudou bastante. Estamos distantes, só falamos apenas "bom dia" e "boa noite" e o motivo desse é o seguinte: Minha mãe faz de tudo para não nos deixar sozinhos e Zayn quis se afastar, já que o mesmo disse que é melhor assim, para minha mãe não desconfiar novamente e acabar com o namoro deles, que anda muito bem por sinal. Apenas em um dia em que houve uma briga entre Zayn e minha mãe. Foi quando meu pai veio aqui me entregar meu presente de Natal, ficou conversando com minha mãe e Zayn chegou. Ele ficou muito irritado e com ciumes dos dois, pois ambos estavam conversando abertamente, como se ainda fossem casados. Depois desse dia, eles voltaram ao normal e estão vivendo sua linda história de amor. Eca!
Hoje é a véspera de Natal, minha casa está cheia de presentes e coberta pelo decoração de natal. A neve está cobrindo quase tudo lá fora e está frio, a sorte é que temos a lareira e o aquecedor aqui dentro. Minha família virá passar o Natal conosco aqui e isso é um milagre, já que todo mundo mora nos Estados Unidos. A unica parte chata de tudo isso, é que minha amada prima, Julllie, vai vir. Nós nunca nos demos bem, ainda mais depois do dia em que ela ficou com um garoto que eu estava afim (Julio César), só para me provocar. Molly a odeia mais do que tudo, teve uma vez em fomos para a América passar as férias, e Molly a deixou toda roxa, foi muito engraçado. Tudo já estava pronto, era só esperar as pessoas chegarem. Molly como sempre, passa o Natal comigo, já que seus pais sempre viajam para o Chile (país de origem deles) e Molly não gosta de lá. Zayn já tinha chegado e ele estava no quarto com minha mãe. Eu e Molly estávamos no meu quarto, terminando de nos arrumar.
- Amiga -Molly me chamou-
- Diga -Respondi-
- Você e o Zayn estão distantes, o que houve? -Ela perguntou. É, até os meninos perceberam nossa distância-
- Desde aquele dia em que minha mãe viu a gente se beijando, ela tem feito de tudo para não nos deixar sozinhos e Zayn se afastou, pois disse que era melhor ficarmos assim, para não haver mais problemas e acabar com a relação dele com minha mãe... -Expliquei tudo-
- Nossa, eu nem sabia disso -Ela confessou- Mas você está chateada com toda essa distância?
- Olha -Suspire- Um pouco. Zayn é muito importante pra mim, antes de ser namorado da minha mãe, ou qualquer outra coisa, ele tem sido como um irmão, amigo, algo que eu nunca tive. Ele me entende tão bem, é tão legal comigo, então tem sido tão difícil ficar longe dele -Disse magoada- Mas eu o entendo, eu não quero ver minha mãe chorando, porque a filha dela acabou com seu relacionamento -Ela assentiu-
- É eu concordo... Eu acho que já temos que descer, as pessoas já chegaram -Ela disse ouvindo várias vozes e eu assenti-
- Você está linda amiga -Eu disse a olhando-  Se Niall estivesse aqui, ia pirar -Eu disse brincando com ela-
- Ai boba! -Ela revirou os olhos envergonhada- Vamos! -Saímos do quarto-
Descemos as escadas e todos os olhares se voltaram para nós. Dei um sorriso tímido e fui cumprimentar o pessoal. Falei com minhas tias, Khloe, Kourtney (mãe de Jullie) e minha avó Kris , que estava com meu avô Bruce . Minha vó é super carinhosa comigo, temos uma forte amizade, mesmo ela morando do outro lado do Atlântico. Desde pequena, me identifiquei muito com ela e com minha tia que Khloe, que são pessoas incríveis. Eu estava conversando com meus avôs sobre diversas coisas...
- Pára vó! -Reclamei quando ela tentou me beijar-
stuck in Neverland | via Tumblr
- O que foi? Não gosta mais de beijinhos? -Ela fez uma cara de decepção-
- A menina cresceu meu amor, não é mais uma mocinha -Meu avô comentou-
Sai de perto deles, antes que começassem com aquela antiga história de "quando você era menor...". Avistei Molly sozinha e fui em direção à ela. Ficamos em silêncio por um tempinho, então o quebramos quando vimos se aproximar de nós com um sorriso cínico.
- Chegou quem eu menos esperava -Molly falou irritada-
- Oi Molly -Jullie falou debochada- Oi priminha -Ela me deu um beijo na bochecha-
- Oi priminha -Disse em um tom seco-
- Como vai? -Ela perguntou falsa-
- Muito bem e você? -Respondi no mesmo tom-
- Bem também -Ela sorriu mais irônica ainda- Eu soube do Julio César... -Ela disse sorrindo- Até que enfim você conseguiu sair com ele -Ela falou me irritando-
- E por que isso te interessa? -Perguntei brava-
- Porque eu e Julio já fomos amigos -Ela disse maliciosa. Você pode estar perguntando como ela conhece o Julio, é bem simples: Ela nasceu e morou aqui até os 16 anos, logo depois, sua mãe se mudou para América, pois queria passar mais tempo ao lado de minha avó-
- Ainda bem que você disse a frase no passado, tenho certeza que ele nunca irá querer algo contigo, não depois de ver a vadia que você se tornou -Sorri cínica e percebi ela trincar os dentes irritada-
- Você acha que é quem para me xingar? -Ela perguntou irritada-
- Uma pessoa bem melhor que você, com certeza -Molly respondeu por mim e saímos de perto de Jullie- Essa garota me irrita! -Ela disse mexendo no celular- Amiga, vou ligar para Niall -Ela disse e eu assenti-
Fiquei em uma parte da varanda de casa observando as pessoas, fiquei de costas para a porta. Por que Jullie sempre tem que ser melhor do que eu em tudo? Ela é mil vezes mais bonita que eu, sem contar que ela sempre leva jeito em relação aos garotos. Eu queria ter apenas a metade da beleza dela e a sorte com garotos. Será que é difícil?
- Lottie -Colocaram a mão em mim e pude observar que era Zayn, me virei-
- Oi Zayn -Sorri, ele estava lindo-
- Você está linda! -Ele disse me olhando, corei-
- Você também -Ele sorriu para mim-
- Está fazendo o que sozinha? -Ele perguntou ficando ao meu lado-
- Estava tentando ficar calma -Eu disse-
- Por quê? -Ele perguntou confuso-
- Você chegou a conhecer minha prima Jullie? -Eu perguntei e ele negou- Daqui a pouco você vai conhecer, com certeza ela vai vir se oferecer pra você -Ele riu e revirei os olhos-
- Acho que já entendi. Jullie é do tipo oferecida, e a relação de vocês não é uma das melhores, não é? -Assenti-
- Eu odeio essa menina! Ela sempre tem que estragar as coisas. Quando eu estava no primeiro ano do ensino médio, ela ficou com Julio só para me provocar, pois sabia que eu era/sou apaixonada por ele -Eu disse e Zayn pareceu meio desconfortável-
- Eu não gosto desse menino! -Ele reclamou e comecei a rir- Essa sua prima deve ser bem bonita, para ficar com tudo quanto é garoto! -Ele confessou-
- É, ela é bem bonita sim! -Concordei e suspirei- Deve ser por isso que Julio escolheu ela e não eu -Fiz uma carinha triste-
- Não acredito que vou ter que te convencer que você é bem mais bonita do que ela! -Zayn falou indignado-
- Você diz isso até vê-la -Disse revirando os olhos- Ela está bem ali -Apontei na direção de Jullie-
- Ela é bonita, mas nada de mais. Eu acho você mais atraente que ela -Ele disse sorrindo-
- Minha mãe é sortuda em te ter, você é o cara que todas as mulheres pedem -Eu disse e ele sorriu sem graça-
- Você está me deixando envergonhado -Rimos-
Zayn e eu ficamos conversando um tempão, estávamos "matando a saudade" e colocando o papo em dia. Deu meia-noite, então todos fomos para a mesa comer a ceia. Minha família é super animada, então nosso jantar foi super agradável, tirando o fato de que Jullie ficava jogando olhares nada discretos para Zayn, e eu não gostava disso, pois eu estava com...ciumes? É, talvez. Depois da ceia, fomos para a sala, onde trocamos presentes e cartões de Natal. Zayn se aproximou de mim e sussurrou:
- Eu esqueci o presente de sua mãe e o seu presente na minha casa -Ele disse desesperado e comecei a rir-
- Vai buscar então -Respondi óbvia-
- O.k! Rebecca, eu tenho que ir em casa buscar o seu presente e o de Lottie, que eu esqueci -Ele disse sem graça e minha mãe riu-
- Pode ir amor! -Ela falou sorrindo-
- Vem comigo? -Ele perguntou a ela-
- Não posso, tenho que ficar com o pessoal aqui... -Ela disse tristonha- Vá com Lottie -Ela disse e eu fiquei surpresa assim como ele-
- O.k -Ele assentiu e saímos de casa-
- Depois de 1 mês, estamos sozinhos... -Comentei-
- É, eu estava com saudades -Ele confessou me deixando envergonhada-
- Então porquê me evitava? -Perguntei arqueando a sobrancelha-
- Você sabe muito bem! Não queria arrumar problemas com sua mãe -Ele falou meio irritado-
- Beleza! Não vamos discutir, não hoje... -Ele assentiu-
Chegamos no apartamento de Zayn, ele abriu a porta e entramos. Ele foi para seu quarto e fui atrás, já que não queria ficar sozinha na sala. Ele pegava duas caixas dentro de seu guarda-roupa. Ele as deixou em cima da cama e ficou me encarando.
- Que foi? -Perguntei confusa-
- Você é tão linda Lottie -Ele disse passando a mão em minha bochecha- Tenho saudades do seu beijo, do seu toque -Ele sussurrou em meu ouvido- Eu te quero Lottie! -Ele falou-
- Você já me tem... -Respondi fechando os olhos, ao sentir seus lábios nos meus-


Oie ><
Como foi o Natal de vocês? 
Está ai mais um capítulo para vocês! O que acharam dele? 
Eu resolvi colocar um pouco de realidade na história, pondo a família Kardashian :D 
Eu tenho dois avisos a dar...
1° : Não sei se vocês viram, mas resolvemos abrir vagar para moderadores no blog. Como tinha bastante gente querendo fazer parte daqui, eu falei com a Feeh e vamos fazer a seleção. Para isso, é preciso que vocês preencham o formulário (aqui) e aguardem o resultado que sai dia 18/01/2014. Apenas dois candidatos serão escolhidos.
2° : O aniversário da Brunna está chegando e vamos fazer o vídeo, então para isso, precisamos de perguntas, que vocês podem enviar por aqui...

Os avisos foram dados, então até o próximo que sai até domingo!
Bjs

Um comentário:

  1. Continua pelo Love de God ... to A-M-A-N-D-O

    ResponderExcluir

Vas Happenin?