25/02/2014

My mom's boyfriend - Capítulo três - Segunda Temporada

Isso foi um erro

Narrado por Charlotte
Ficamos conversando sobre algumas coisas, comemos umas besteiras (na verdade, o resto delas, já que o Niall quase acabou com tudo). Eles são tão retardados, mas são os meus retardados.
Depois de muito tempo juntos, os meninos foram em bora e eu fui dormir. Troquei de roupa, apaguei a luz e deitei. Como estava cansada, dormi rapidamente. No outro dia, acortei com o celular despertando. Me levantei sem ânimo algum, escovei os dentes e desci pra tomar café. Minha mãe e Zayn conversavam animadamente e assim que me viram sorriram.
- Bom dia Lottie -Zayn falou educado como sempre-
- Oi -Eu falei bocejando e coçando os olhos-
- Bom dia filha -Minha mãe veio até mim e me deu um beijo na bochecha. Peguei algumas coisas e comecei a comer- Como vai seu namoro? -Dona Rebecca perguntou sorrindo-
- Vai péssimo, mas eu vou conversar com o César e esclarecer algumas coisas -Eu sorri fraco e Zayn revirou os olhos-
Terminei de tomar café, subi novamente e organizei algumas coisas que estavam fora do lugar. Troquei mensagens com César e ele combinou de nos encontrarmos na praça central de nosso bairro. Como o tempo ainda estava frio, vesti uma roupa bem quentinha. Avisei minha mãe que estava saindo. Caminhei com uma certa dificuldade, pois a neve cobria a rua inteira. Cheguei mais cedo do que esperava e César estava conversando com uma garota. Quando ela se virou, pude perceber que era Jullie. Fiquei olhando os dois um pouco distante, até que resolvi me aproximar.
- Oi César -Falei cínica-
- Oi amor -Ele me abraçou-
- Não vai falar comigo não priminha? -Jullie disse provocativa-
- Não, eu não desperdiço meu tempo com coisas desnecessárias -Falei sorrindo-
- Que engraçada você -Ela disse irônica-
- Pois é, deve ser por isso que todo mundo me adora. -Eu falei com cinismo-
- Haha, sonha! O César por exemplo,  não te adora. Ele só está com você por pena. -Ela falou com desprezo-
- Você pode dizer o que quiser, mas eu não vou acreditar. Agora eu tenho que conversar com meu namorado, será que poderia se retirar? - Eu falei irônica e ela saiu com raiva-
- O amor entre vocês é lindo -César falou sarcástico- Mas vamos direto ao assunto.
- Yep! Eu queria esclarecer as coisas. Não foi nada demais, Zayn e eu só estávamos dançando. Mas eu te entendo, sei como é ruim ver o nosso amor com outra pessoa e eu te perdoo -Eu falei o abrançando forte-
- Eu também quero te pedir perdão, acho que exagerei -Ele falou rindo fraco. O beijei-
- Não consigo ficar longe de você -Eu dei um beijo em sua bochecha-
- Nem eu. Você é tão fofa, que sua fofura me contagia -César falou apertando minhas bochechas-
Ficamos conversando sobre várias coisas, almoçamos em um restaurante que ele amava e ficamos juntos o resto da tarde. Quando o Sol estava se pondo, César me chamou para irmos assisti-lo num lugar que ele adora. Era uma pequena colina, onde se tinha a vista completa da cidade.
- Gostou? -Ele disse me mostrando a bela vista-
- Eu adorei. Aqui é realmente lindo -Eu sorri radiante-
Ficamos em silêncio, logo César me beijou. Permanecemos abraçados e nem percebemos o tempo passar. Já a noite, descemos da colina e voltamos pra minha casa. Abrimos a porta e ninguém se encontrava ali. Sentei (me joguei) no sofá. César me jogou em cima de mim e começou a me fazer cócegas.
- Para -Eu disse sem fôlego-
- Só vou parar porque você pode morrer e eu não quero ficar longe de ti -Ele falou rindo-
Liguei a televisão e começamos a assistir um filme que passava no telecine. De vez em quando, olhava de canto para César que estava estranho, parecia desconfortável com algo. Resolvi perguntar.
- Aconteceu alguma coisa amor? -Eu perguntei carinhosa-
- Não, por quê? -Ele falou estranho-
- Você está diferente. Algo te incomoda? -Eu  questionei mais uma vez e ele apenas negou-
- Acho que estou cansado, só isso. É melhor eu indo embora. -Ele falou me dando um beijo- Tchau -Ele disse acenando e fechando a porta logo em seguida-

Narrado por César
Assim que saí da casa de Lottie, pude respirar fundo. Ela estava preocupada comigo, isso eu conseguia enxergar, mas eu não poderia dizer o que realmente aconteceu. Vamos voltar um pouquinho no tempo.
Eu estava na praça esperando Lottie chegar. Me sentei em um banco e fiquei observando as pessoas que passavam por ali. De repente, senti duas mãos esconderem meus olhos. Achei que fosse Lottie, mas depois percebi que era Jullie. Me virei assustado e a encarei.
- O que você está fazendo aqui? -Eu perguntei seco-
- Nossa amor, depois de tudo, você me trata assim? -Ela disse manhosa. Revirei os olhos-
- Não fuja do assunto -Falei com ordem-
- Eu estava passando por aqui, quando te vi. Não pensei duas vezes e vim falar contigo -Ela sorriu cínica-
- Já falou comigo, então já pode ir embora -Falei a ignorando- 
- Não aja assim César, desse jeito eu vou me apaixonar mais -Ela sussurrou em meu ouvido-
- Bom pra você. A única garota que eu quero é Lottie -Eu sorri ao me lembrar dela-
- Isso é mentira, não engane a si mesmo! Todos sabem que você ainda morre por mim -Ela disse me levantando e se aproximando de mim. Ela colocou os braços em volta de meu pescoço e me beijou. Eu odeio admitir isso, mas o beijo dela é extremamente bom-
- O que foi que eu fiz? -Disse assim que parei de a beijar-
- Me beijou? -Ela perguntou irônica-
- Não deveria ter acontecido. Isso foi um erro! -Falei me afastando- Eu tenho namorada e eu a amo. 
- Ah, grande coisa -Jullie falou revirando os olhos-
É lógico que Lottie não sabe e nem vai saber. Eu sei que devo dizer, mas agora que nossa relação está bem novamente, não posso colocar tudo a perder. Me odeio por estar fazendo isso com ela, mas eu não tenho escolha. Só espero que Jullie me mantenha calada...


OOOOOOOOOOOOOOI! QUE SAUDADE DE VOCÊS <3
Depois de um tempão eu postei, mas eu avisei os motivos pelo qual não estava escrevendo a fanfic. 
Espero que eu não tenha perdido minhas leitoras. 
Esse capítulo foi meio idiota, mas foi porque isso vai dar a continuação na história daqui pra frente ;))
Eu não sei quando vou postar novamente, porque é semana de provas e estou cheia de lição pra fazer, mas tentarei ser o mais breve possível.
Obrigada a vocês que me entendem <3
É isso mesmo
Bjs

















17/02/2014

Importante!

Oi gente, como vão? Vocês devem ter percebido que minhas postagens estão cada vez menos frequentes. Esse fato é em razão da escola, pois nessa semana começou as provas e eu tenho que estudar, fora que tenho trabalhos e as lições de casa que os professores pedem pra fazer na folha de almaço. Por isso, eu terei que ficar sem fazer meus capítulos, pois não tenho tempo suficiente :c Espero que vocês me entendam! Eu retornarei a postar os capítulos o mais depressa possível.
Beijos pra vocês c:




15/02/2014

Right Now - Stronger

Meus país tinham sido assassinados, minha vida tinha sido assassinado, eles eram uma parte de mim que eu não sei explicar, eu sempre fui muito ligada á eles, era uma hora da minha vida que eu não sei nem o que dizer, os policias me avisaram que eu tinha que sair do pais o mais rapido possível, sem mesmo antes de ir ao enterro dos meus país, mas eu também corria perigo, eu iria fazer minha faculdade em Oxford, irei fazer tudo para que meus país mesmo não estando aqui, sentissem orgulho da filha que eles tem.
         Eu fui no aeroporto e comprei a primeira passagem em classe econômica que tinha, que por acaso sairia daqui 8 horas, eu não tinha pressa, dava tempo suficiente.
         Cheguei em casa arrumei minhas malas, empacotei umas caixas com coisas importantes, cochilei e acordei umas 3 horas antes, vesti uma roupa de frio, mas não muito quente, e embarquei.
         O voô demorou tipo 11 horas, eu não consegui dormi, os acontecimentos recentes são demais pra mim, mas agora seria vida nova, eu não seria mais a mesmo (S/N) de sempre, "Better That Words But more than a feeling", esse seria o lema da minha vida que nunca iria mudar.
        Eu peguei minhas bagagens e passei pela receita federal, peguei um taxi e fui para um hotel temporario, queria conhecer a cidade e comprar uma casa, ou um apartamento sei lá, o nome do hotel era "Cssinus" eu não sei pronuciar isso, então, tudo bem. Fiz o Check e fui pro meu quarto, era extremamente enorme, abri uma das caixas e peguei meu skate e meu iPOD, troquei de roupa e fui conhecer a cidade:
               
Como eu disse, estava frio, mas eu amo frio e nem tava TÃÃO gelado assim, tava tipo 15ºc, então peguei meu skate e fui andando umas 4 quadras até encontrar um starbucks, e nossa, como eu amo starbucks, tipo, muito, pedi um frappucino de caramelo e parei em uma pracinha que tinha lá, deixei o skate encostado em uma arvore e comecei andar, esse parque tinha uma vista extremamente linda, era um lugar calmo, me deixo mas leve e tranquila.
Tava tão destraida encarando aquilo tudo na minha frente que nem escutei que tinha alguém me chamando, me virei e vi um garoto alto, cabelos meio cacheado, olhos verdes como azeitonas 


-----------continua?-------------
-Ivyyzz

10/02/2014

My mom's boyfriend - Capítulo dois - Segunda Temporada

Retardados

Narrado por Charlotte
- Calma amiga, vai ficar tudo bem, o.k? -Molly disse me abraçando-
- Não se preocupe Lottie, estou aqui -Zayn pegou na minha mão e sorriu-
- Eu amo vocês -Eu disse a eles-
- Nós te amamos também amiga -Molly falou-
Ficamos conversando sobre vários assuntos, quando resolvemos ir para casa pois uma forte nevasca iria começar. Abrimos a porta e para variar, minha mãe não se encontrava ali. Era de tarde, Zayn e Molly deram uma ideia de vermos um filme, mas estava com sono então fui dormir. Senti algo pesado em cima de mim, abri os olhos e vi duas esmeraldas me encararem.
- HARRY -Eu falei animada o abraçando-
- Oi Lottie -Ele falou rindo-
- Que saudade de você! -Eu disse mexendo em seus cachinhos-
- Eu também estava -Ele deu um beijo na minha bochecha- Vamos descer, os meninos estão aqui -Ele falou me puxando-
- SÉRIO? -Ele assentiu e eu sai correndo até a sala. Os meninos estavam sentados no sofá. Me joguei em cima deles- OI MEUS AMORES! -Eu falei mega empolgada-
- OI PRINCESA LOTTIE! -Liam falou gritando também-
- Tudo isso é saudade? -Louis comentou rindo-
- É sim, vocês fazem muita falta -Eu disse fazendo biquinho-
- Eu também estava com saudades de você pequena -Niall falou fofo-
- Awn, você é perfeito! Molly, você já pode casar com ele -Eu falei e os meninos riram-
- Já me trocou por eles Lottie? -Harry disse descendo as escadas e sentando na poltrona-
- Claro que não babe -Eu me sentei junto dele-
- Bom mesmo! -Ele disse brincando-
- Pode parar com a gracinha, venha pra cá Lottie! -Zayn disse enciumado-
- Ai que homem ciumento -Eu disse me sentando perto dele-
- Claro, você é só minha -Ele colocou seus braços em volta de mim-
- Estão juntos? -Liam perguntou confuso-
- Aham, mas em segredo -Eu respondi e Zayn me encarou- Que foi? Eles não vão falar nada, eu confio neles -Eu disse calma e Zayn assentiu-
- Fica tranquilo bro! -Liam disse-
- Só eu que acho vocês dois malucos? -Molly comentou rindo-
- Eu também os acho malucos, mas eu sei que nada vai separá-los, então temos que nos acostumar -Harry falou dando de ombros-
- E como vai seu namoro Lottie? -Niall perguntou comendo um chocolate. De onde ele tirou isso?-
- Não está muito bem, mas logo menos iremos nos acertar -Eu dei um sorriso triste-
- E você pretende terminar com ele? -Liam perguntou-
- Por enquanto não, estou tentando acertar algumas coisas na minha vida -Eu falei e ele assentiu-
- Na boa, acaba com aquele namoro. Ele é metido, arrogante e se acha o popular! Zayn é muito mais bonito que ele -Louis falou com sua sinceridade-
- Awn, você me acha bonito? -Zayn falou com voz de gay-
- Claro babe. Espero que mais tarde você dê uma passadinha em meu quarto -Louis falou piscando. Rimos-
- Ai que gays! -Molly comentou revirando os olhos-
- Eu sei que você quer pegar esse gay aqui! -Louis falou-
- Não quero não. Eu já tenho meu irlandês -Ela falou e abraçou o Niall que corou-
- Awn, meu irlandês cresceu -Liam disse fingindo limpar lágrimas-
- Tem certeza que vocês têm quase 30 anos? -Eu falei rindo e Zayn mostrou a língua-
- Quem mostra a língua pede beijo... -Molly falou e eu beijei Zayn-
- O que vamos fazer? -Liam perguntou entediado-
- Vamos comer -Niall falou animadamente e rimos-
- Eu tenho uma brincadeira legal -Harry falou- Lottie, posso pegar um ursinho de pelúcia no seu quarto? -Ele perguntou e eu assenti. Ele subiu-
- Conhecendo bem o Harry, tenho certeza que a brincadeira dele será safada -Zayn comentou-
- Voltei! -Harry falou descendo as escadas- É o seguinte: Vamos nos sentar em roda e cada um terá que beijar uma parte do ursinho. Não pode beijar os lugares em que alguém já beijou. Entenderam? -Harry perguntou, nós assentimos e ele se sentou na roda-
A ordem na roda estava assim: Harry - Louis - Niall- Molly- Liam- Eu- Zayn. O jogo começou comigo, então dei um beijo na cabeça do ursinho. Cada um foi beijando o ursinho, até que Harry se pronuncia:
- O.k, agora vocês terão que beijar a pessoa à sua direita no lugar onde beijaram o ursinho -Ele falou rindo-
- Sério isso? -Niall perguntou com nojo, ao perceber que teria que beijar Louis no pescoço-
- Aham -Harry falou gargalhando-
- Se ferrou Nialler -Molly falou rindo também-
- Ou não, já que você terá que me beijar -Ele disse dando uma piscadinha-
- Beleza, quem começa? -Eu perguntei-
- Começa você, já que foi a primeira a beijar o ursinho -Louis falou-
- O.k! -Eu me aproximei de Liam e dei um beijo em sua cabeça-
- Não gostei desse jogo! -Zayn falou enciumado-
- Pelo menos quem vai beijar ela é você! -Molly falou revirando os olhos-
Continuamos o jogo, Liam beijou a perna de Molly, Molly beijou a boca de Niall, Niall beijou o pescoço de Louis, Louis beijou o nariz de Harry, Harry beijou a barriga de Zayn.
- Que parte você beijou no urso? -Harry perguntou e Zayn começou a rir-
- Fala logo Zayn! -Liam falou impaciente-
- Na bunda -Ele disse e todos os garotos riram-
- O QUÊ? -Eu perguntei indignada-
- Você topou o jogo, agora deixa o Zayn te dar um beijo -Molly falou rindo-
- Obrigada por me ajudar, você é uma ótima melhor amiga, Dona Collins -Eu falei irônica e ela mostrou o dedo do meio- Mal educada! -Ela riu. Me deitei no chão e o Zayn fez o que tinha que fazer- Eu ainda não acredito que topei esse jogo -Suspirei e eles riram-
Ficamos conversando sobre algumas coisas, comemos umas besteiras (na verdade, o resto delas, já que o Niall quase acabou com tudo). Eles são tão retardados, mas são os meus retardados.


HEEEEEEEEEY! Como vão?
Espero que estejam gostando da história!
Eu queria me desculpar pela demora, é que eu estava sem ânimo pra fazer, fora que no final de semana eu sai. 
Esse capítulo ficou um pouquinho mais divertido, pois não estava afim de fazer brigas, confusões e etc. 
Eu quero agradecer a todos vocês que estão comentando minha fic e me dando apoio. Obrigada de verdade gente, eu amo vcs <3
Vocês viram que a Ivy (intimidade) postou aqui no blog? *-* 
Gente, a tratem bem e leiam a fic dela, porque é realmente boa, mas não me troquem, sou ciumenta e vocês são só minhas u-u
Era só isso
bjs
















09/02/2014

Light's- stronger

 I had a way then losing it all on my own
I had a heart then but the Queen has been overthrown
And I'm not sleeping now the dark is too hard to beat
And I'm not keeping now the strength I need to push me
   
  Sunday, 13:00 P.M
(s/n) ON:
Era um domingo qualquer, acordar essa hora não era novidade, eu gostava, amanhã tinha aula, ultimo dia de aula, depois a vida real caí á minha frente, eu já estava preparada, era o que eu queria, meu sonho, era isso que eu queria para mim, a faculdade de Fotografia seria um grande passo de minha carreira, eu iria começar a viajar o mundo assim que acabasse meus planos no Rio de Janeiro.
   Ok, eu não tinha exatamente nada pra fazer, eu nem almocei, quer dizer, sei lá, meus pais sairam e não deixaram nem almoço, vai saber pra onde eles foram, então, como eu não sei cozinhar fiz uma pipoca de microondas e fiquei assistindo "Minha mãe é uma peça" pela 15ª vez.
   Eram 18:00 tinha pegado no sono, acordei ao receber uma ligação, era um número desconhecido
     Ligação ON:

-Alô? 
-Ah, ooi, é a dona (s/n)?
- Sim, é ela? Por quê?
- Aqui é do hospital que seus pais deram entrada, você pode vir até aqui? Hospital (inventemalgumnome)
- OQUE ACONTECEU COM ELES? ELES ESTÃO BEM? PELO AMOR DE DEUS, ME DIZ COMO MEUS PAIS ESTÃO? - eu estava fora de mim, estava nervosa, estava com medo.
-Calme senhorita, por favor, não tenho muito tempo, venha o mais depressa possivel.
 Ligação OFF

Eu não tinha nem tomado banho ainda, eu tinha que ser rapida, so entrei no chuveiro e me molhei e vesti qualquer roupa que vi no guarda-roupa e fui

No hospital:

Cheguei na recepção e disse o nome dos meus país e me direcionaram até uma salinha de espera, Esperei 30 minutos até que um medico chegou, eu simplismente não tive reação e ele logo disse:
- Fizemos de tudo, nos desculpe, não foi possivel!

Isso foi tudo pro meu mundo desabar, meus pais se foram, eu chorei, chorei muito, eles não tinham culpa, ele me abraçou e se desculpou.
 
Eu queria fugir, pro lugar mais longe de tudo isso, era o fim da minha vida, eu não tinha respostas suficientes, eu não sabia o que havia acontecido, eu só queria que tudo isso fosse um pesadelo 
---------------- CONTINUA? --------------------

Tá uma bosta, eu sei, só que eu to sem criatividade, eu vou procurar algumas coisa pra ver se a inspiração sai, beijos.

- ivyzz

08/02/2014

Stronger- Sinopse

 Eu gostava de festas, adorava sair e festejar minha vida, eu era uma garota livre, enfim, era. Eu tinha sonhos, planos, eu queria me formar, iria seguir a carreira fotográfica, pelo menos, era o que eu pretendia.
  Tudo isso que eu tava vivendo era um sonho, um sonho e eu não queria acordar, mas após à morte dos meus país, eu acordei, eu estava sobre perigo, tinha que voltar a Londres e viver independentemente. 

- gostaram? Capítulo 1 com 4 comentários 

- ivyz

07/02/2014

Apresentação


Sou apenas uma garota qualquer de cidade grande, moro em Fortaleza- ce, vivo e respiro calor, amo
hipster, meu jeito, meu gosto é e sempre será hipster, tenho 13 anos, vivo uma vida de idas e vindas e cheia de desilusão amorosa, minhas fic's vão contar isso, o que eu passo. Espero que gostem, a primeiro fic será Stronger e eu pretendo escrever logo, estou passando uma temporada sem computador, apenas finais de semanas, mas se tudo der certo amanhã eu posto.
 Chega disso, nem disse meu nome, é Ivyna mas podem me chamar de Ivy, eu prefiro assim, tenho um feed no instagram: strongerzzz (ironia? não), e meu twitter é cocainavatto, tentem se comunicar comigo por lá e blá blá blá, é isso e beijos c:

- Ivyyz

03/02/2014

My mom's boyfriend - Capítulo um- Segunda Temporada

Ele me decepcionou

Narrado por Charlotte
- Rebecca está desconfiando de mim! -Ele falou inseguro-
- Fica suave, ela nunca vai saber que eu sou a outra -Eu falei irônica-
- Você não é a outra e nunca será! -Ele falou firme-
- E por que eu deveria acreditar em você? -Perguntei arqueando a sobrancelha-
- Porque eu te amo! -Ele falou e fiquei estática-
Permaneci quieta por uns minutinhos. Não sei o que há em Zayn, mas ele me faz ficar com borboletas no estômago, mente toda embaraçada e coração acelerado. Talvez não seja certo existir um "nós", mas eu não posso e nem vou enganar a mim mesmo em relação aos sentimentos que tenho por ele.
- Eu também te amo -Eu falei sorrindo e ele fez o mesmo-
- Sabemos que não é certo e que não podemos ficar juntos por enquanto, mas eu quero que você saiba que meus sentimentos são sinceros. Quando eu disser que te amo, acredite. Nada e ninguém no mundo irá interromper o meu amor, o meu carinho por você. -Ele disse e me abraçou fortemente-
- Zayn, existem 3 coisas no mundo que eu amo mais -Eu falei e ele me olhou confuso- Seu beijo, seu abraço e você -Sorri toda boba e ele riu-
- Awn, que fofinha! -Rimos- Agora eu vou voltar lá pra baixo, antes que sua mãe desconfie -Ele falou e eu assenti-
- O.K! A realidade continua sendo a mesma -Eu falei triste-
- Não fica triste, logo menos ficaremos juntos -Ele piscou e saiu do quarto-
Como eu fiquei sem falar com César praticamente a um dia, resolvi visitá-lo em sua casa. Fui ao banheiro, tomei um banho e me vesti. Passei um gloss, perfume e sai. A casa dele era dois quarterões depois. Eu não tinha pego nenhuma blusa e minha sorte foi que o sol resolveu aparecer e isso é bem raro no inverno londrino. Avistei a casa dele e fui até a porta, onde toquei a campainha. Dona Adda (eu sei que o nome é estranho, mas ela é da Holanda) atendeu a porta. Ao me ver abriu um sorriso enorme.
- Olá querida! -Ela disse com seu famoso sotaque-
- Oi Senhora Adda, como vai? -Eu perguntei simpática-
- Vou bem e você? -Ela respondeu alegre-
- Também! César se encontra? -Eu perguntei e ela riu e me deu passagem-
- Está no quarto -Ela falou e eu fiquei envergonhada-
- Não tem problemas eu subir até lá? -Perguntei receosa-
- Claro que não! Se precisarem de algo, só chamar -Ela falou e eu subi as escadas-
Passei pelo corredor enorme, até chegar em seu quarto. Eu soube que era o dele, pois era o único fechado. Bati na porta 3 vezes seguidas. Depois de um tempinho ele aparece sem camisa e com o cabelo bagunçado.
- Oi César -Eu sorri-
- Oi Lottie! -Ele disse me dando as costas. Suspirei pesadamente e entrei no quarto-
- Você já deve ter imaginado o que vim fazer aqui... -Eu falei e ele se virou pra mim-
- Não, não imaginei! O que veio fazer? -Ele perguntou cínico-
- Você sabe muito bem Julio César Martini (nome estranho, mas a família dele também é italiana). Eu vim aqui conversar sobre as coisas de ontem -Me sentei na cama-
- Veio defender aquele cara? -Ele arqueou a sobrancelha-
- Não, eu só quero saber porque você fez tudo aquilo -Ele sentou ao meu lado-
- Imagina: Você me vê dançando com outra mulher. O que faria? -Ele perguntou a mim-
- Depende da situação e da mulher -Eu falei simples-
- Tudo bem, mas eu estava com ciúmes, você é linda Lottie e os homens sempre se aproveitam disso. Eu só estava cuidando do que é meu -Ele disse e me abraçou-
- Eu te entendo, mas não era necessário bater no Zayn. Ele é apenas meu amigo, padrasto. Ele namora minha mãe, jamais tentaria algo comigo... -Eu disse um pouco sentida. Eu não poderia contar nada a ele e isso me deixava incomodada-
- Já percebeu que você sempre o defende? O seu namorado sou eu, não ele! -Ele falou bravo e revoltado-
- Eu estou tentando resolver a situação, mas você com esse seu ciúmes excessivo está piorando as coisas -Eu disse no mesmo tom-
- Ciumes excessivo? Lottie, você é minha! -Ele se levantou ficando de costas pra mim-
- Eu sei, mas existem algumas coisas que não têm problema. Que mal tem eu dançar com meu padrasto? -Eu me levantei também-
- Nenhum, MAS ELE ESTAVA SE APROVEITANDO DA SITUAÇÃO!  -Ele gritou-
- NÃO FALE UMA COISA DESSAS, ZAYN NÃO É CAPAZ DA FAZER ISSO! -Eu gritei mais alto que ele-
- VOCÊ FALA DE JULLIE, MAS VOCÊ ESTÁ SENDO PIOR DO QUE ELA! VOCÊ ESTÁ SE COMPORTANDO COMO UMA VADIA -Não pensei duas vezes e dei um tapa em sua cara-
- Eu vou em bora -Eu falei chorando-
- Espera Lottie! -Ele gritou, mas eu já tinha decido-
Passei por Dona Adda, mas não falei nada. As pessoas na rua, me olhavam de forma estranha, mas eu nem me importei. Cheguei rapidamente em casa. Zayn e minha mãe estavam na sala conversando, passei por eles e fui para meu quarto. Fique um bom tempo refletindo sobre tudo o que havia acabado de acontecer. César é meu namorado, mas eu sinto uma enorme necessidade de defender o Zayn. Normalmente quando você está triste, você fica chorando, depressivo e etc, eu fico com fome (n/a: eu sou assim). Mandei mensagem pra Molly me esperar na sorveteria. Me troquei rapidamente.
- To saindo... -Falei passando por Zayn e pela minha mãe-
- Onde vai? -Minha mãe perguntou-
- Na sorveteria com Molly, alguém quer ir? -Eu perguntei olhando pro Zayn-
- Eu vou, você vem Rebecca? -Zayn perguntou sorrindo-
- Não amor, vai lá com as garotas -Ela falou rindo-
Eu e Zayn saímos juntos e chegamos na sorveteria. Molly estava sentada numa mesma próxima a rua. Nos aproximamos e nos cumprimentamos.
- Oi amiga -Eu disse dando um beijo em sua bochecha-
- Oi Molly -Zayn fez o mesmo-
- Oi gente! Achei que viria só você Lottie -Molly disse rindo-
- Pois é, mas o Zayn me ama tanto, que não vive sem mim -Eu disse com um tom de brincadeira e eles riram-
- Boa Tarde, vocês vão querer sorvete de quê? -Uma moça veio nos atender. É impressão minha ou Zayn está olhando para os peitos dela?-
- Limão-Eu disse grossa-
- Uva -Molly disse e ficamos esperando pela resposta de Zayn-
- Zayn -Eu disse o chamando. Ele parou de olhar para os peitos da garota-
- Chocolate -Ele disse sorrindo pra ela. Revirei os olhos e olhei para o outro lado- Lottie -Zayn me chamou e eu o encarei- Que foi? -Ele perguntou. Será se ele não se toca?-
- Nada -Respondi curtamente- Então, eu vim aqui porque precisava conversar com alguém -Eu disse suspirando-
- Estamos aqui amiga -Molly disse pegando na minha mão e sorrindo-
- Por isso mesmo -Eu sorri de volta-
- O que aconteceu? Você não parece nada bem -Molly falou preocupada. Awn, eu já disse que amo essa garota?-
- Hoje eu fui na casa do César conversar com ele sobre ontem, aí ele começou a dizer que eu estava defendendo o Zayn, porém a minha linda pessoa disse que não, que só estava fazendo o certo. Aí ele disse que o Zayn tinha um caso comigo, falou que eu estava sendo pior do que a Jullie e me chamou de vadia! -Eu disse e Molly arregalou os olhos-
- ELE TEM PROBLEMA? -Molly gritou-
- EU QUE TE PERGUNTO, QUAL O PROBLEMA DESSE MOLEQUE? SE EU VÊ-LO NA MINHA FRENTE, EU ARREBENTO ELE TODINHO! -Zayn disse bravo e exaltado-
- Não há necessidade! -Eu falei baixo-
- NÃO HÁ LOTTIE? ELE TE CHAMOU DE VADIA E NINGUÉM TEM ESSE DIREITO! -Zayn gritou atraindo a atenção das pessoas-
- Zayn, menos! Ele está super errado nessa história toda, mas não exagere! -Molly disse o repreendendo- E como você ficou? -Molly voltou o olhar a mim-
- Eu saí da casa dele chorando e ainda estou muito chateada. Eu nunca esperava essa atitude dele. Ele me decepcionou -Eu falei chorando-
- Calma amiga, vai ficar tudo bem, o.k? -Molly disse me abraçando-
- Não se preocupe Lottie, estou aqui -Zayn pegou na minha mão e sorriu-
- Eu amo vocês -Eu disse a eles-




Oieeeee *-*
Como vão? 
Antes de tudo, eu quero pedir desculpas pela demora, mas foi porque na semana passada eu estava muito cansada, pois nunca estudei de manhã e tem sido complicado pra mim. 
Esse capítulo foi meio chatinho, mas a partir dele muita coisa irá acontecer. Então fiquem tranquilas, porque a história vai ficar legal.
Avisos rápidos:
1° O vídeo que nós do blog fizemos pra vocês, teve uma duração de 41 minutos, ou seja, eu terei que postá-lo em partes, então vai demorar um pouquinho :\
2° Eu vou voltar a postar imagines, então se alguém quiser algum, só falar comigo pelo twitter ou deixar um comentário aqui no blog.
3° No menu do blog, tem "Divulgue seu imagine". Eu coloquei isso aqui, para vocês que querem divulgar seu trabalho e etc. Então é só ir lá, que tem tudo explicadinho.
SERÁ SE EU CONSIGO 10 COMENTÁRIOS? P.S: SÓ IREI CONTINUAR O CAPÍTULO, QUANDO CONSEGUIR OS COMENTÁRIOS! 
Bjs

















28/01/2014

My mom's boyfriend - Capítulo vinte

Eu te amo

Narrado por Charlotte
- Zayn eu vou dormir, o.k? -Eu perguntei-
Ele ficou me encarando sem dizer uma palavra. Se levantou rapidamente, me beijou e disse:
- Hoje é apenas você e eu -Ele falou e me levou para o quarto-
Ele me deitou na cama, ficou por cima de mim e começamos a nos beijar. Seus beijos estavam calmos, suaves e super carregados de sentimentos. Aumentei a intensidade do beijo e Zayn sorriu ao perceber que eu também queria. Sem nenhuma dificuldade, tirei a blusa dele, a jogando para algum lugar do quarto. Invertemos as posições e Zayn ficou por baixo. Pude sentir sem membro ereto e dei uma risadinha envergonhada. Ele tirou minha blusa, e como estava de pijama, não havia colocado sutiã. Uma vergonha enorme me consumiu ao sentir seu olhar sobre mim.
- Não precisa ter vergonha -Ele sussurrou em meu ouvido-
Zayn se abaixou um pouco, indo com sua boca aos meus seios. Ele os beijava com muita pressa, muito desejo. Ele voltou para cima, tocando seus lábios novamente nos meus. Suas mãos estavam em meus seios, e os apertavam fortemente. Gemi baixinho em seu ouvido e percebi ele se arrepiar. Minhas mãos foram para seu abdômen e logo em seguida pararam na barra de sua cueca. Ele parou de me beijar e ficou me olhando profundamente.
- Que foi? -Perguntei confusa-
- Você tem certeza disso? Você quer que eu realmente seja o primeiro? -Ele perguntou calmo-
- Sim -Falei firme e ele sorriu abertamente-
Ele voltou a me beijar, colocou as mãos na minha calcinha e a tirou. Fiz o mesmo com sua cueca. Ele se posicionou perfeitamente em mim e penetrou vagarosamente. Senti uma dor terrível me consumir, fechei meus olhos e arranhei as costas de Zayn. Gemi de dor e Zayn me olhou preocupado.
- Estou te machucando? -Ele perguntou receoso-
- Não, continua, por favor -Eu falei tão baixo que achei que ele não ouviria-
Ele foi penetrando mais vezes e meu corpo passou a se acostumar a isso. Ele aumento a velocidade, me fazendo gemer de prazer. Zayn e eu gememos juntos, chegando ao nosso ápice. Ele tombou ao meu lado, nós dois estávamos com a respiração desacompassada e falhada. Ficamos em silêncio por um longo tempo, até que ele o resolveu quebrar:
- O que nós fizemos? -Ele falou risonho-
- Foi errado, mas não me arrependo -Eu falei e ele se virou pra mim-
- Não se arrepende? -Ele perguntou não acreditando no que ouviu-
- Não! -Eu sorri- Zayn, você não tem ideia de como eu esperei por esse momento. Eu estou feliz, me sinto completa. E fico mais feliz ainda ao saber que foi você o primeiro -Eu  o abracei-
- Por que me escolheu Lottie? -Ele perguntou carinhoso-
- Porque você é perfeito pra mim... -Eu falei. Depois de dar conta do que disse, fiquei vermelha igual tomate e Zayn gargalhou-
- Awn, ficou rosinha -Ele apertou minhas bochechas e revirei os olhos-
- Não começa -Eu fiz um biquinho-
- Desculpa -Ele sorriu e voltou a me abraçar-
- Eu sei que quando amanhecer, as coisas voltarão ao normal, mas eu quero que você saiba que isso significou algo muito importante pra mim -Eu falei fechando meus olhos e bocejando-
- Pra mim também Lottie, foi a melhor noite da minha vida! Dorme bem -Ele falou me dando um beijo na testa e adormeci-
Acordei com um ânimo fora do comum. Me levantei e pude ver Zayn dormir como um anjo. Um anjo todo cheio de si, um anjo bad boy. Meu anjo!
Liguei meu celular e me surpreendi ao ver que eram 9:00 horas da manhã. Nunca que eu acordo nesse horário! Havia várias mensagens de César, mas eu resolvi não me importar com isso agora. Disquei o número de Molly e ela atendeu:
- O que foi Lottie? -Ela perguntou com a voz rouca. Tenho certeza que estava dormindo-
- Desculpa se eu te acordei, mas eu preciso contar uma coisa que aconteceu -Eu falei animada-
- É boa? -Ela perguntou bocejando-
- Muito boa, mais do que boa! -Eu falei rindo-
- Conta logo -Ela bufou impaciente-
- Como você sabe, eu fui para o apartamento do Zayn, pois ele estava machucado depois da briga. Aí eu vesti uma blusa dele, fui a sala dizer que estava indo dormir, quando a gente começou a se beijar... -Molly me interrompeu-
- AI MEU DEUS! NÃO ME DIGA QUE ROLOU -Ela falou escandalosa-
- Sim -Eu respondi baixo-
- SOCORRO LOTTIE, AH MEU PAI, EU NÃO ACREDITO! -Ela berrou no meu ouvido-
- PARA DE GRITAR MOLLY COLLINS! -Eu gritei também e ela riu-
- MAS VOCÊ TAMBÉM ESTÁ GRITANDO! -Ela falou revoltada-
- EU NÃO TE PERGUNTEI NADA LOIRA FALSA! -Eu falei. Ela tinha feito algumas mexas, então comecei a chamá-la assim e a mesma não gostava-
- LOIRA FALSA É O TEU... -Ela ia falar, mas eu interrompi-
- CALADA, VOCÊ VAI ME FAZER ACORDAR O ZAYN! -Eu gritei e ela ficou quieta-
- Desculpa! Mas falando sério agora. Como foi? -Ela perguntou e eu corei. Droga-
- Ah, foi perfeito! -Eu disse envergonhada e ela riu ao perceber isso-
- Vocês disseram "eu te amo" no final? -Ela perguntou. Qual o problema dessa garota?-
- Claro que não! Não sei o que realmente sinto por ele e outra, nós dois namoramos outras pessoas... -Eu disse meio triste-
- Falando nisso, você vai contar para o César? -Ela perguntou preocupada. Suspirei-
- Não, eu odeio ter que mentir pra ele desse jeito, mas isso ele não pode saber de jeito nenhum -Eu falei- 
- Entendo. Amiga, tenho que desligar, vou voltar a dormir, beijo! -Ela desligou na minha cara-
Tomei um banho e vesti uma roupa que minha que tinha deixado aqui. Zayn ainda dormia, então resolvi preparar algo para comermos. Fui à cozinha, peguei ovos, panquecas e várias outras coisas. Eu cantava "I won't give up" do Jason Mraz, quando senti duas mãos envolverem minha cintura.
- Bom dia Lottie -Zayn falou com aquela voz rouca-
- Bom dia Zayn -Eu disse me virando e dando um selinho nele-
Nos sentamos  e começamos a comer. Nosso café da manhã foi bastante divertido. Ficamos até hora do almoço juntos, então resolvemos ir para minha casa. Zayn foi cantando empolgado enquanto dirigia e eu só o admirava ainda mais. Chegamos na minha casa, entramos e minha mãe nos esperava na sala.
- Oi mãe -Eu disse a abraçando-
- Oi meu amor -ela me abraçou- Fiquei tão preocupada com você -Ela disse beijando Zayn-
- Eu já estou bem -Ele sorriu forçadamente ao perceber que eu os observava-
- O que foi? -Minha mãe perguntou ao estranhar seu comportamento-
- Nada amor -Zayn disse dando de ombros-
- Você está estranho comigo. Aconteceu alguma coisa? -Ela perguntou e ele negou- Eu conheço esse tipo de humor...Zayn, não me diga que você está com outra! -Minha mãe já disse chorando. Oshe-
- QUÊ? Claro que não -Zayn disse-
- Se eu descobrir quem é essa outra, eu a mato! -Ela falou e ele somente a abraçou-
Coitada da minha mãe, mas ela mal sabe que eu sou a outra! A sala ficou quieta por cerca de 5 minutos e Zayn assim como eu, estava bastante incomodado com isso.
- Mãe, Zayn não tem outra! -Eu falei a tranquilizando-
- Como sabe? -Ela perguntou  arqueando a sobrancelha-
- Ontem eu estive com ele no apartamento, não vi ninguém além de nós. E Zayn não precisa de mais ninguém quando tem você -Eu falei sorrindo super falsamente-
- É verdade Zayn? -Ela perguntou e ele assentiu-
Subi para meu quarto, pois precisava organizar umas coisas. César estava bravo comigo, mas sou eu quem tinha motivos para isso. Qual é? Ele bate no namorado da minha mãe, estraga a formatura e ainda quer ficar bravo comigo? Por favor!
Fiquei ouvindo algumas músicas e fechei meus olhos sentindo aquela emoção. Zayn entrou no meu quarto e se jogou em cima de mim. Ele começou a me beijar e depois parou, já que minha mãe estava em casa.
- Rebecca está desconfiando de mim! -Ele falou inseguro-
- Fica suave, ela nunca vai saber que eu sou a outra -Eu falei irônica-
- Você não é a outra e nunca será! -Ele falou firme-
- E por que eu deveria acreditar em você? -Perguntei arqueando a sobrancelha-
- Porque eu te amo! -Ele falou e fiquei estática-


VAS HAPPENIN?
Aqui está o capítulo que vocês tanto pediam. Eu já quero pedir desculpas pela parte hot, mas é que eu realmente não sei fazer essas coisas. Pra mim, foi o pior capítulo que já escrevi. Desculpem por isso, de verdade :\
A primeira temporada acabou. Aqui no blog, eu tenho salvo todo o roteiro da história, tudo o que vai acontecer e posso garantir que vocês irão gostar. Essa nova temporada será top!
O Zayn foi tão fofo né? *-*
Eu demorei bastante pra postar! Eu disse que postaria segunda-feira, mas não deu, porque foi meu primeiro dia de aula, acordei 5:30, estava super cansada, a tarde foi corrida e como estou no 1° Médio, é muita lição! Eu vou tentar postar o mais rápido possível, prometo.
Eu e a Feeh fomos na Brubs, gravamos o vídeo. Eu o coloquei pra carregar no youtube, mas eu fechei e ele não carregou tudo. Agora ele está carregando novamente, mas vai demorar para ser postado, porque ele é meio grande. 
Estou sendo chata ao pedir comentários? Me respondam, por favor!
Me sigam no twitter e no instagram.
Bjs














23/01/2014

My mom's boyfriend - Capítulo dezenove

Apenas você e eu

Narrado por Charlotte
- Dança comigo? -Zayn perguntou me estendendo a mão?-
- Tem certeza? -Eu perguntei receosa e ele revirou os olhos-
- É só uma dança! Esqueça o que aconteceu entre nós e só curta a noite... -Ele falou me puxando pra pista-
Pude reconhecer aquela música, era "Wake me up". Abri um sorriso gigante e Zayn fez o mesmo. Dançávamos animadamente, fazendo movimentos de acordo com a batida da música. Zayn fazia uns passos um tanto engraçados. Resolvi o provocar um pouquinho. Comecei a mover meus quadris de um jeito sexy, percebi ele me olhar e morder os lábios. Sorri maliciosamente e grudei nossos corpos. Ainda dançando, ele discretamente sussurrou em meu ouvido:
- Não faz isso Lottie! -Ele falou com uma voz rouca-
- Isso o quê? -Rebolei ainda mais-
- Você sabe muito bem. Não me provoque, não serei responsável pelos meus atos! -Ele falou. Eu ia responder quando fui puxada bruscamente-
- Qual seu problema cara? -Zayn perguntou para César-
- Eu que te pergunto, qual o seu problema? -César falou bravo. Eu nunca o vi assim-
- César, não estávamos fazendo nada demais -Eu falei tentando o acalmar-
- Fica quieta Lottie, eu estou falando com ele! -Ele disse rude. Se eu fiquei chateada? imagina-
- Você acha que é quem pra falar assim com ela? -Zayn perguntou estressado-
- E você...-César foi interrompido por um soco de Zayn-
Todas as pessoas que estavam dançando, pararam e começaram a formar uma rodinha em volta de nós. Alguns torciam pro César, outras para Zayn e haviam aquela que estavam me dizendo para parar aquilo, mas como eu vou fazer isso? Eles são mais fortes que eu!
Os meninos apareceram e então pararam a briga. Liam segurou Zayn e Harry segurou César. Louis, Niall e Molly vieram ver como eu estava. Logo todos voltaram a dançar e fomos para fora do salão.
- O que aconteceu? -Liam perguntou pra mim-
- Eu estava dançando com Zayn, César chegou, foi grosso comigo e Zayn se estressou. Quando vi, eles já estavam rolando no chão -Eu expliquei tudo- Cadê o César? -Perguntei olhando ao redor-
- Saiu, foi no banheiro lavar o rosto. -Molly falou-
- Zayn, vira aqui -Pedi e ele se virou- Nossa, isso está bem feio...
- É, mas do seu namoradinho está bem pior -Harry comentou e todos riram-
- Eu não fui nem um pouco com a cara dele! -Louis falou-
- O.k gente, mas não piore a situação, por favor... -Eu disse meio baixo-
- Tudo bem, desculpa! -Niall falou e me abraçou-
- Alguém viu minha mãe? -Eu perguntei-
- Ela estava conversando com a diretora -Molly falou e eu apenas assenti-
- Gente, eu já estou indo! Avisam minha mãe e se ela perguntar, expliquem o que aconteceu -Eu falei- E você -Apontei para o Zayn- vem comigo! Preciso fazer uns curativos no meu rosto
- Não Lottie, fica aqui! Estou bem, depois eu lavo o rosto! -Ele falou, mas eu apenas o puxei- Me dá a chave -Pedi em frente ao seu carro-
- Sabe dirigir? -Ele perguntou e eu assenti-
- Mas não tenho carta! -Eu falei e ele riu-
Entramos no carro e ficamos em silêncio. Zayn estava quieto, provavelmente estaria pensando em tudo que aconteceu naquela festa. Estávamos próximos do apartamento dele, quando o mesmo se pronunciou:
- Desculpa Lottie, eu não queria estragar sua formatura... -Ele falou meio triste-
- Não ligue pra isso -Eu sorri tentando confortá-lo-
Estacionei o carro e subimos de elevador até sua casa. Entramos, ele se jogou no sofá e eu fui atrás de curativos. Peguei algumas pomadas e esparadrapos para tampar os machucados. Me sentei em frente a ele e vagarosamente comecei a tirar todo sangue que estava lá. Havia um pequeno corte em sua testa. Me aproximei um pouco mais, ficando a centímetros de sua boca. Resolvi ignorar tudo aquilo e me concentrar em apenas nos machucados. Zayn pegou meu braço e o abaixou. Ele me olhou nos olhos e  quando dei por mim, nossos lábios já estavam juntos.
- Zayn -Eu sussurrei parando o beijo-
- Desculpa Lottie, mas eu estava precisando disso... -Ele falou calmo- Me perdoa? -Ele olhou em meus olhos-
- Sim, não consigo ficar longe de você por muito tempo -Eu falei e ele riu fraco-
- Muito bom saber disso...-Ele falou rindo-
- Bobo -Eu falei sorrindo-
Ficamos conversando, contanto algumas histórias. Eu estava um pouco cansada, então tirei os saltos, peguei uma almofada e me deitei no colo de Zayn. Ele ficou alisando meu cabelo e uma coisa me veio a cabeça.
- Lembra quando nos conhecemos? Eu deitei no seu colo, do mesmo jeito de agora... -Eu falei sorrindo-
- Sim, eu lembro! Foi importante aquele momento pra mim. Na verdade, todos os momentos que eu passo com você tem um grande significado pra mim -Ele falou todo bobo-
- Você está fofo Zayn -Eu falei rindo-
- Você que me deixa assim! -Ele disse apertando meu nariz-
- Zayn, me empresta uma roupa pra dormir? -Eu bocejei-
- Claro -Ele se levantou e foi no quarto- Pode ser essa? -Ele me deu uma blusa-
- Eu já te vi usando ela -Eu disse me levantando-
- É minha blusa favorita (n/a: eu nem sei se isso é verdade, eu estou inventando, então pense bem antes de me chamar de poser e blá blá blá). -Ele falou simples-
- E porque você está me emprestando? -Eu falei confusa-
- Você é especial pra mim -Ele falou me abraçando- Você está chorando Lottie? -Ele perguntou chocado-
- Eu juro que tentei segurar, mas foi impossível -Eu falei rindo-
Fui ao quarto, tirei meus vestido e coloquei a blusa. Zayn não é alto, mas em perto de mim, parece uma girafa. Sai do quarto e Zayn estava assistindo televisão.
- Zayn eu vou dormir, o.k? -Eu perguntei-
Ele ficou me encarando sem dizer uma palavra. Se levantou rapidamente, me beijou e disse:
- Hoje é apenas você e eu -Ele falou e me levou para o quarto-


Oie >< 
Esse capítulo também foi bem esperado, então aqui está ele! 
Se você gostou, deixe um comentário, por favor!
Zayn e Lottie se acertaram :D Eu queria dizer que o próximo capítulo é hot, então se preparem!
O próximo capítulo será o ultimo dessa temporada...
Hoje eu e a Feeh fomos na Brubs e gravamos o vídeo. Eu vou edita-lo e postar amanhã.
Eu acho que posto só segunda, porque amanhã eu vou estar ocupada durante a tarde, no sábado também e domingo é dia de passar com a família, então só segunda :c Não fiquem triste, por favor, mas é que realmente não vai dar.
Gente, vamos ajudar as beliebers, elas estão passando por tanta coisa :\\
Falem comigo no twitter
Bjs